Blog da Lazu

Fonemas – Um resumo para nunca mais esquecer

O fonema é um dos principais componentes da fala. Está presente no nosso cotidiano e em questões de vestibulares, por isso, vamos aprender nesse post sobre a sua estrutura e classificação.

Uma das principais coisas que aprendemos no início da vida é a fala. O ato de falar é uma realidade na vida de muitas pessoas, ele é utilizado para se expressar e também debater sobre algum assunto, e por isso, hoje vamos entender um componente muito importante: os fonemas.

O que são fonemas?

Os fonemas são as unidades sonoras que compõem a fala. São basicamente os sons que produzimos para que possamos expressar ideias e emoções. Já as letras são as representações gráficas dos fonemas.

Fonemas e letras: Qual a relação?

Embora o número de letras e fonemas sejam os mesmos na maioria das palavras, não é sempre que isso acontece, pois aqui, se conta o som e a sua representação gráfica.

Por exemplo:

A palavra CADERNO – tem 7 letras

                      – / c / , / a / , / d / , / e / , / r / , / n / , / o /  e 7 fonemas

A palavra CHUTE – tem 5 letras

                 – / x / , / u / , / t / , / e / e 4 fonemas

Quais tipos de fonemas existem?

 Existem diferentes tipos de fonemas, veja abaixo quais são: 

Fonemas Orais: Quando a corrente de ar é liberada apenas pela boca

Fonemas Nasais: Quando a corrente de ar é liberada parcialmente pela boca e pelas narinas

Fonemas Sonoros: São aqueles que promovem a vibração das pregas vocais

Fonemas Surdos: São os que não promovem a vibração das pregas vocais

A classificação dos fonemas

Os fonemas classificam-se em vogais, semivogais e consoantes.

Vogais: São fonemas pronunciados sem obstáculos a passagem de ar, somente pela boca (a, e, i, o, u), ou pela boca e narinas (ã, ẽ, ĩ, õ, ũ).

Exemplos: casa, talento, linda, pato, casco

Semivogais: São os sons que se juntam a uma vogal, formando com esta uma só sílaba. 

Exemplos: mau, rei, baile

Consoantes: São fonemas produzidos com obstáculos que os aparatos bucais, como língua e dentes opõem a passagem do ar.

Exemplos: lâmpada, falar, escrever, nadar, dirigir, anexo

Esse foi um resuminho básico pra você entender bem o que são os fonemas e as suas classificações. Espero assim, ter te ajudado a melhorar nos estudos. 

Não esqueça de nos seguir nas redes sociais pra ficar por dentro de tudo que a gente publica! Até a próxima.

Sabrina Susan

Adicionar comentário

Segue a gente

Adoramos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos.