Blog da Lazuedu - Tudo sobre estudos e vestibulares

FINALMENTE! Resultado do SiSU e inscrições do ProUni são liberados pelo STJ

Os resultados do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) foram liberados na noite desta terça-feira (28). Para ver a classificação dos cursos e o boletim do candidato, basta acessar o site.

Os resultados do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) foram liberados na noite desta terça-feira (28). Para ver a classificação dos cursos e o boletim do candidato, basta acessar o site.

A classificação do SiSU só ficou disponível depois que o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, atender o recurso do governo federal contra uma decisão da Justiça de São Paulo que vetava a divulgação dos dados. Antes de obter sucesso no STJ, um outro recurso do MEC junto ao Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) foi negado, o que ocasionou o atraso da publicação das notas.

Nesta edição do programa, foram disponibilizadas 237.128 vagas em 128 instituições de ensino superior públicas em todo o país (sem contar o caso da UNITINS, que desistiu de usar o SiSU devido aos problemas técnicos apresentados)

E o ProUni?

Bom, o MEC divulgou o novo cronograma para o Programa Universidade para Todos (Prouni), iniciativa do governo federal que oferece bolsas integrais e parciais em universidades privadas. As inscrições foram abertas ainda nesta terça-feira (28). Elas estavam suspensas em decorrência do impasse com o Sisu e as notas do Enem.

São 251.139 bolsas integrais e parciais para universidades privadas de todo o país, com base na nota do ENEM. Podem participar candidatos que não tenham diploma de ensino superior, que tenham feito o ENEM 2019 e obtido o mínimo de 450 pontos na média de notas e que não tenha zerado a redação.

Para concorrer a bolsas integrais (100%), o candidato deve ter renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa. Além disso, o candidato deve seguir pelo menos uma das condições abaixo:Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública.

  • – Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede particular, na condição de bolsista integral da própria escola.
  • – Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede particular, na condição de bolsista integral da própria escola.
  • – Ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola da rede particular, na condição de bolsista integral da própria escola privada.
  • – Ser pessoa com deficiência.
  • – Ser pessoa com deficiência.Ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrante de quadro de pessoal permanente de instituição pública e concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura. Nesse caso, não há requisitos de renda.

“No cronograma inicial, o término para concorrer às bolsas seria na próxima sexta-feira, 31. O MEC decidiu prorrogar o prazo por mais um dia, sábado, 1º de fevereiro, para que os candidatos tenham tempo suficiente de se inscreverem”, informou o MEC em nota.

Adicionar comentário

Segue a gente

Adoramos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos.