Blog da Lazuedu - Tudo sobre estudos e vestibulares
Como escolher o curso da sua vida?

Como escolher o curso da sua vida?

O último ano do ensino médio é um dos mais complicados para os estudantes. Ter que começar uma nova rotina, com diversos novos fatores, é certamente um dos maiores desafios iniciando um novo capítulo na sua vida. Além de deixar a escola para trás, é no 3º ano que conhecemos os principais vestibulares, como Macro e Enem por exemplo. Mas o que mais assusta, tirando o fato de ter que realizar essas provas provavelmente pela primeira vez, é ter que escolher o seu curso/graduação por meio do acesso à universidade que ambos os processos seletivos proporcionam.

Como escolher o curso da sua vida?

A gente sabe que esse momento pode ser tão empolgante quanto assustador. Afinal, você terá uma enorme responsabilidade em suas mãos. Mas, se você chegou a essa etapa se sentindo perdido, sem saber o que quer e muito menos como decidir qual graduação cursar, este post foi feito especialmente para você. A partir de agora, traremos dicas de como escolher o curso que você mais se identifica.

1. Dê uma reforçada no seu autoconhecimento:

Colocamos o autoconhecimento como tópico inicial, porque de fato é a questão que define tudo em torno da escolha do seu curso na Universidade. Você se conhece de verdade? Quais são seus pontos fortes e fracos? Quais metas e objetivos você pretende alcançar na realização de curso X ou Y? O que você mais gosta e o que você menos gosta nesse curso? Atividades de autorreflexão como esta, ajudam entender o que você pretende ao entrar em um curso de graduação. Se você ignorar esse conhecimento e escolher uma graduação “às cegas”, provavelmente vai fazer parte do grupo de universitários insatisfeitos.

2. Não pense em retorno financeiro ou cursos por “hype” ao tomar a decisão:

Há poucas décadas, cursos como Medicina, Direito e alguma das Engenharias eram as únicas opções quando se falava sobre cursos que trariam renda. Graças ao tempo, e avanços proporcionados por profissionais de outras áreas, um leque de novas oportunidade foram criadas no Brasil e você pode explorar todas elas. É necessário entender que se você for um bom profissional, independente da área de atuação, existirão grandes retornos financeiros, enriquecimentos intelectuais e contribuições para a sociedade. Escolher o curso de Medicina por dinheiro, por exemplo, provavelmente seria um caminho há alguns anos, porém o status da área já não é o mesmo. Se você conversar com qualquer médico ou residente, ele provavelmente dirá que, devido o ambiente totalmente competitivo e tóxico, aumento no número de cursos pelo país e mais horas de trabalho por menos dinheiro, existe uma desvalorização na área, afinal o curso deixou de ser uma vocação e se tornou um investimento.

3. Faça testes vocacionais:

Os testes são criados por instituições e profissionais especializados no serviço. É possível realizar uma espécie de consulta de carreira em que são avaliadas as suas aptidões, gostos pessoais e objetivos para serem apresentadas opções de profissões que combinam com os dados coletados na entrevista. Com o acesso à informação atualmente, diversos testes estão disponíveis de maneira online, mas é importante lembrar que sempre existirá a opção de realizar o exercício com o auxílio de um profissional da área da Psicologia. Separamos alguns testes online que você pode fazer quando terminar de ler o post por completo, confira:

Guia de Carreira; Neora; Pravaler; Catho Edu; Na Prática;

4. Faça exercícios de análise:

Você já ouviu falar de Análise SWOT? O exercício que reúne as palavras Strenghts (Forças), Weaknesses (Fraquezas), Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaças) ou FOFA (Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças), é uma das ferramentas mais simples e ao mesmo tempo úteis que uma empresa tem ao seu dispor para entender o ambiente em que está inserida e criar a base de informações necessárias para planejar seu futuro. Assim como uma empresa, você também pode utilizar do método como auxílio para decisões. Imagine que você está em dúvida entre três cursos, de três áreas do conhecimento diferentes, mas precisa selecionar apenas duas opções para colocar no Enem. Uma destas opções pode ser Licenciatura em Física, e após realizar a análise o curso ficou mais ou menos assim:

Strenghts – Sempre tive o sonho de ser professor.

Weaknesses – Não sou muito fã de matérias que envolvam Cálculo.

Opportunities – O mercado na cidade para a área está favorável.

Threats – Escolher o curso me faria ser menosprezado pelos membros da minha família.

Com a atividade, seus objetivos ficam mais claros, e ao perceber os pontos fracos e fortes de cada curso, a decisão se tornará progressivamente menos complicada.

5. Conhece o mercado de trabalho da sua área:

Não escolha uma graduação antes de conhecer bem o mercado de trabalho atual e o futuro da área. Para realizar tal atividade, recomendamos: ler pesquisas, relatórios e estudos sobre a graduação; ficar por dentro de tendências atuais e futuras; assistir vídeos, reportagens e documentários sobre o curso que você quer fazer; conversar com profissionais ativos do mercado ou com seus futuros veteranos de curso; descobrir o plano de carreira na área; verificar as previsões para o futuro desse mercado no Brasil e no exterior.

6. Isso é uma decisão unicamente sua:

É bastante comum em época de vestibular ouvir aquele papo de:

“Ah, minha Mãe/Pai quer que eu faça curso X ou Y”

“Ah, minha Mãe/Pai não deixaria eu fazer curso X ou Y”

Nesses momentos, é importante lembrar e, acima de tudo, estabelecer que isso é uma decisão unicamente sua! São os seus aprendizados, conhecimentos, autoestima, felicidade e futuro pelos próximos anos que estão em jogo. Começar esse novo ciclo com seus pais, ou até mesmo você, duvidando da sua escolha ou continuar tentando fazer você mudar de ideia, vai te colocar para baixo, e isso não pode acontecer. Você não precisa escolher a graduação certa de primeira, ou até mesmo nem precisa fazer uma dependendo dos seus objetivos, mas é bastante importante conhecer bem o barco onde você está embarcando, para que ele não afunde antes do esperado.

Luan Tavares

Adicionar comentário

Segue a gente

Adoramos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos.